Acta 2010

Home
Up
rel contas 2010

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CABRIL  

 ASSEMBLEIA  GERAL  DA LIGA

ACTA 2010

No dia 2 de Abril reuniu, na sua sede social em Cabril, a Assembleia Geral da Liga de Melhoramentos da Freguesia de Cabril. 

Da convocatória constava a seguinte ordem de trabalhos:

1º Leitura, apreciação e votação do relatório e contas da gerência de 2009;

2º Eleição dos corpos gerentes para 2010;

3º Apresentação e debate de qualquer assunto de interesse colectivo e regional.

Os trabalhos foram conduzidos pelo associado José do Espírito Santo que, com grande eloquência, dinamizou a assembleia, transmitindo aos associados a necessidade da participação activa na discussão dos assuntos colectivos.

O presidente da Direcção, Vítor Barata, fez uma breve apresentação do relatório e contas de 2009, salientando as realizações mais significativas da Liga, em 2009, como foram o funcionamento permanente do centro social, a semana desportiva, o jantar convívio no Verão  e a exposição comemorativa dos 50 anos da nova igreja paroquial.

Na vertente financeira o relatório apresenta um total de receitas de € 27.704,80 e um total de despesas de € 8.900,00, transitando para o ano de 2010 um saldo de € 18.804,80. No domínio das despesas o Sr. Presidente salientou os custos de funcionamento do centro social que já têm uma expressão significativa mas também, em contrapartida, ali está disponível, para toda a população, um conjunto significativo de serviços.

O relatório e contas foram escrutinados pelo Conselho Fiscal, presidido por Horácio Barata, e mereceu parecer favorável. Na votação da Assembleia mereceu aprovação unânime.

Aprovado o relatório e contas passou-se de imediato à eleição dos corpos gerentes para o ano de 2010. A Direcção cessante apresentou uma lista assim constituída:

DIRECÇÃO: Vitor Domingues Barata, António Nunes, João Nunes, Vitor Sempiterno, Carlos Domingues Luís, Júlio Teodoro Santos, José Nunes de Almeida, Fernando Pais Cordeiro, Vitor Luís Domingues Bruno Alexandre Figueiredo, Carminda Teodoro Santos e Maria Conceição Domingues Antunes

Conselho Fiscal: Horácio Barata, Carlos Domingues e Armindo Tavares

Assembleia Geral: Eduardo Teodoro Martins, Paulo Carmo Barata e Catarina Pereira Reis

Posta a lista à votação, foi a mesma eleita sem votos contra.

No último ponto da ordem de trabalhos foram abordados diversos assuntos de interesse colectivo e regional tendo a discussão, amplamente participada, abordado as acções a implementar.

Para o futuro pretende-se realizar uma intervenção no centro social e área envolvente, a realizar a médio prazo, que permita manter aquele conjunto como um símbolo da memória histórica da freguesia e aumentar o conforto e operacionalidade do centro social.

Para este ano de 2010 está já prevista uma intervenção de consolidação e restauro da velha torre sineira de forma a garantir que esta secular construção, símbolo da freguesia/paróquia, consiga manter-se no decurso da passagem do tempo. 

Para os próximos anos, está-se a projectar uma intervenção na área envolvente do centro social que a torne utilizável como área de lazer. No local do cemitério velho, que é contíguo, pretende-se guardar a respectiva memória à semelhança do que já se fez para a antiga igreja paroquial e o velho lagar do vale pereiro.

Porque se considerou ser muito importante, para o dinamismo da Colectividade, a participação de jovens, foi sugerida a criação de uma Comissão para a juventude de cuja dinamização foi encarregue o Bruno Figueiredo.

Antes do encerramento da assembleia foi guardado um minuto de silêncio em memória dos associados falecidos: Leontina Custódio Oliveira e Cecília Maria da Cruz

 

HOMENAGEM AO SOCIO/FUNDADOR JOSÉ TEODORO MARTINS

 Na sua reunião de 3 de Março passado a Direcção da Liga verificou que o Sr José Teodoro Martins em razão do seu relevante contributo que, há mais de 60 anos, tem dado a esta Colectividade, era credor de um agradecimento publico por isso decidiu que no dia 2 de Abril, dia da assembleia geral, lhe seria prestada uma homenagem simbólica, com a colocação de uma imagem sua no centro social.

 A cerimónia realizou-se pelas 21 horas, antes da assembleia geral, e nela participaram várias dezenas de cabrilenses e familiares e amigos do homenageado.

 O presidente da direcção, Vitor Barata, fez uma breve alocução onde referiu alguns dos mais significativos contributos do Sr. José Teodoro Martins para a vida da Liga: foi sócio fundador, desempenhou durante vários anos cargos directivos, nos anos oitenta do século passado foi o principal obreiro da folha informativa e cultural, foi o mentor do Museu, a sua contribuição financeira para muitas das realizações da Liga foi relevante.

 O elogio do homenageado esteve a cargo do associado José do Espírito Santo que num discurso cheio de significado e simbolismo referiu as grandes qualidades do Sr. José sem esquecer a amizade que os une e que, o facto de uma terra saber reconhecer os seus bons filhos é um gesto de grande nobreza humana

 O Sr. José Teodoro Martins, depois de descerrar a imagem, vivamente emocionado, pelo gesto dos seus conterrâneos, agradeceu sentidamente a homenagem e manifestou a vontade de continuar a sua já longa vida tendo como traves mestras os mesmos princípios e valores.

 A imagem do Sr. José, agora colocada no centro social, é um trabalho de rara beleza, gentilmente executado, em azulejo, pela Sr.ª D. Maria da Silva Tavares a quem, pelo gesto, devemos o nosso reconhecido "bem-haja".

   

CELEBRAÇÃO DA PASCOA

 Como é tradicional muitos cabrilenses e amigos deslocam-se, todos os anos, de Lisboa e de outros pontos do País para, na Paróquia das suas origens, celebrarem a Páscoa. Este ano foram mais de duas centenas aqueles que aqui vieram passar a Páscoa. Foi bom ver de novo a aldeia repleta de gente, com muitas crianças brincado nas ruas ou utilizando os seus “Magalhães” para aceder à “Internet” no centro social.

 A celebração da Páscoa foi sempre uma festividade importante para os cabrilenses pelo seu significado e simbolismo. É certo que  os mais velhos não escondem a sua nostalgia pela “visita pascal” que se realizava no Domingo de Páscoa e na Segunda e Terça feira seguintes, com a visita do “Senhor” a todas as casas da Paróquia e que hoje já não se realiza. No entanto, o espírito da Páscoa mantêm-se vivo sendo o seu ponto alto a celebração da Eucaristia como  disso é testemunho a grande participação dos cabrilenses.

 No Domingo, pelas 14 horas, a Igreja Paroquial voltou a encher-se de fieis que quiseram participar na Eucaristia Pascal, celebrada pelo Sr. Padre Paulo, e que constituiu um acto de Fé  de grande significado espiritual.

 

 Vitor Domingues

[Home] [Up] [rel contas 2010]

Textos: de José Teodoro Martins com a Edição da Liga de Melhoramentos da Freguesia de Cabril - 50.º Aniversário  e de Armando Reis com a obra Subsídios para a História do Regionalismo Serrano, Cabril (Pampilhosa da Serra) e a sua Liga de Melhoramentos - e ainda, comunicados, notícias e outros assuntos importantes para divulgar através deste sítio através da Liga de Melhoramentos da Freguesia de Cabril.
A manutenção desta página está a cargo de Carlos Alberto Teodoro da Purificação Cruz.
Última actualização: 15-Abr-2018